terça-feira, 1 de novembro de 2016

Não sou pessoa de muitas saudades


Aprecio presenças
Mas não me vicio,
Pessoas são como cigarros
Se vc não tragar
Não se torna dependente,
Fuma socialmente
Mas também não morre
Quando não tem.
Sinto o amor sem compromisso
Meu relacionamento com ele é aberto
Não sinto abstinência emocional,
Amo de forma liberal
E só porque amo
Não quer dizer que as pessoas
Sejam obrigadas a permanecer do meu lado,
Ou que sua ausência
Vai diminuir o meu amor por elas,
Quando voltarem e, se voltarem,
O meu afeto estará intacto
Sem cobranças, sem mágoas.
Há quem diga que eu sou dura e fria,
Mas prefiro acreditar
Que sei amar incondicionalmente.

Adriana Campos Marinho.