sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

SAUDADE




Saudade 
é tempo
e espaço,
é vazio
nos vãos
da paisagem,
é silêncio escondido
na freqüência
do som,
é um anseio esculpido
nas brechas
da escuridão.
Saudade
é fogo que escorre
na lembrança,
é busca incontida
da esperança,
é sobressalto da noite
em desespero.
É a vida insossa 
e sem tempero
é um mar revolto
dentro d'alma.
é maré brava 
e não se acalma,
enquanto a distancia persiste
entre o afeto,
e o abraço.