quinta-feira, 9 de março de 2017

Crítica do conto "LONGE DE CASA".


LONGE DE CASA

De Hérica Camargo (Blog Literatura Direto da Margem)

LINK PARA O BLOG ONDE O CONTO FOI PUBLICADO:


Fui ler este conto com o intuito de fazer um texto crítico sobre ele, o que não é algo que eu faça normalmente, porque acho que toda pessoa que se indigna a transformar pensamentos em linhas escritas já tem seu valor, independente da qualidade do que escrever. Escrever é uma arte, e como toda arte, chega de forma diferente em cada pessoa, por isso não gosto de fazer críticas. Mas, já que chegamos aqui vamos lá né?


O conto “Longe de casa” da autora Hérica Ponte, partiu de um princípio (ou de uma ideia) muito nobre, ele quis falar sobre como mudamos nossa visão de mundo ao nos depararmos com a emoção, que diferentemente da razão, nos tira de nossas zonas de conforto e nos enche de coragem para viver intensamente. Foi essa a moral da história que pude sentir em sua mistura de filosofia, romance e fantasia, porém, achei que ele poderia, e deveria, ter sido escrito de outra forma, usando uma dialética que tivesse dado a autora maior liberdade para se expressar de forma mais natural. Infelizmente ela incorreu no erro da rima, o que não se aplica oficialmente ao gênero do conto, mas isso não significa um erro propriamente para mim, também costumo usar rimas em contos curtos que fluem quase que espontaneamente, apenas no caso deste conto em especial, realmente achei que as rimas forçadas restringiram a possibilidade da autora explanar suas ideias de forma mais abrangente. Contudo, acredito no potencial de Hérica, e tenho certeza que seus outros textos são de grande valor literário.